Como funciona o PicPay

Como funciona o PicPay e o sistema de cashback?

O interesse da grande maioria das pessoas em como funciona o PicPay se refere, em verdade, ao uso dos seus benefícios de cashback. Eles se referem ao “dinheiro de volta”, quando você recebe um bônus sobre o valor de um pagamento dentro do aplicativo.

O PicPay é uma empresa brasileira que atrai a cada dia mais a atenção do público. É justamente o seu sistema de cashback que gera tanta demanda e busca. Afinal, com ele se torna possível gastar e ganhar ao mesmo tempo, algo incrível.

Para saber como ele funciona e quais são as suas principais características, não deixe de continuar lendo. Abaixo você encontra tudo sobre esse aplicativo de pagamentos e sobre como funciona o seu sistema de dinheiro de volta.

Como funciona o PicPay

Se você quer saber mais sobre o app de pagamentos PicPay, no portal MEU CARTÃO DE CRÉDITO você tem todas as informações. Confira agora em https://www.meucartaodecredito.com.br/blog/como-funciona-o-picpay/

Como funciona o PicPay?

O PicPay corresponde a uma fintech, ou seja, a uma financeira digital. Para isso, ele trabalha exclusivamente de forma online, por meio do seu aplicativo. Suas funções, por sua vez, são diversas e bastante interessantes.

Primeiramente, para usar o PicPay você precisa ter um cartão de crédito. Ele pode ser de qualquer bandeira e marca e basta realizar o cadastro dele dentro do app, junto à sua própria inscrição com nome, endereço, telefone e outros.

A partir de então, você pode fazer pagamentos de contas (boletos), bem como transferências aos seus amigos por meio desse aplicativo. E essas funções ocorrem com base no saldo do seu cartão de crédito.

É isso mesmo, você não precisa usar o dinheiro que possui em conta corrente! Apesar disso, você pode usá-lo, caso for de sua preferência, bem como aplicar o saldo de recebidos no PicPay para realizar novos pagamentos.

No que diz respeito a como funciona o PicPay para pagamentos, cabe ressaltar que pagamentos para terceiros, com simples transferência (do cartão de crédito ou saldo do app) não pagam taxas e juros.

Já o pagamento de um boleto pelo cartão de crédito cobra, sim, uma taxa, porém ela é mais baixa do que aquela de cobrança direta pelo banco. Além disso, em ambos os casos (transferência e contas) é possível parcelar o pagamento e cada parcela sofre uma pequena adição de juros.

Outras questões interessantes sobre como o PicPay funciona é que não são apenas pessoas que estão ali. Inúmeros estabelecimentos possuem conta no app e aceitam pagamentos por meio dele.

Tanto estabelecimentos online, de uso exclusivo de e-commerce, quanto presenciais. No caso do segundo, geralmente há um QR Code à disposição para leitura com câmera do celular.

Em outras palavras, é um aplicativo completo que além de pagamentos padrões também permite novas funcionalidades a baixo custo ou mesmo sem taxas, como é o caso de transferência diretamente do saldo do cartão de crédito.

Como funciona o PicPay

Como funciona o sistema de cashback do PicPay?

Agora que você já sabe como funciona o PicPay, cabe saber como é a política de cashback. O dinheiro de volta é uma das principais atrações do aplicativo e é um dos principais motivos pelo qual ele se popularizou tão rápido.

Existem algumas situações em que você pode ganhar dinheiro de volta de acordo com o valor das suas transações:

  • Em parcelamento de boletos, onde o cashback pode ser de 10% a 20% sobre o valor total, considerando-se os juros;
  • Com o uso de cupons de primeira transferência quando você entra no aplicativo e quando seus amigos usam os seus cupons no primeiro uso do app;
  • Em promoções de estabelecimentos com cashback sobre o valor do pagamento com cartão de crédito ou com cartão PicPay.

Assim, a forma como funciona o PicPay permite que ao gastar você receba dinheiro de volta. Cabe ressaltar, entretanto, que no caso de parcelamentos de boletos com cashback depende de notificações de campanhas novas.

Por outro lado, o PicPay costuma disponibilizar ao menos 1x por mês a possibilidade de parcelar um boleto e ainda assim conseguir cashback. Já em relação aos estabelecimentos é preciso analisar a página inicial deles no app, onde há informações sobre eventuais promoções.

Vale à pena usar o PicPay?

Pois bem, agora que já vimos como funciona o PicPay, bem como funcionam suas políticas de cashback, podemos concluir se ele é ou não uma boa alternativa.

Para isso, é preciso considerar de um modo geral suas características. Primeiramente, seu uso é gratuito, havendo apenas eventuais cobranças de taxas por parcelamento, conforme vimos acima.

Em segundo lugar, ele é seguro e tem reconhecimento pelo Banco Central. Além disso, é uma ferramenta que concede diversas oportunidades de ganhar dinheiro de volta. Diante de tudo isso conclui-se que, sim, o PicPay é bom e vale à pena usá-lo.

Por isso, não deixe de fazer o download do aplicativo, compatível com iOS e Android e de começar o quanto antes a tarefa de como usar o PicPay. Com ele se torna mais barato, rápido e prático fazer transações financeiras.

Published by